quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Eu não escrevi um poema de amor...

Sim. É verdade, eu não escrevi um poema de amor. Acho que ali no titulo está bem explicito que não escrevi nenhum ( nem um versinho! ) reles e singelo poema de amor.

Mas também o que se esperava? Eu sou uma pessoa insensível, fria, calculista e sem coração.


( sim eu sei, pequen@ cientista autodidacta de 10 anos, toda a gente tem coração!
Mas eu não. Visto o facto de há coisa de 5 anos, ter sido mordida por um vampiro, que me transformou num assassino vampiresco da pior especie, e agora eu me dedicar a torturar crianças de 10 anos, com requintes de pura malvadez.


[Mais concretamente com matemática!] )


Bem, visto eu, como já se pode observar, não ter escrito nenhum poema de amor, resolvi e isso sim, escrever um magnifico e belo poema, de tema oculto

"Tarte de ananás
Para o macaco comer,
Ele come e não se queixa
Desde que tarte continue a ter.

Sorve tudo de golada
Belo macaco mandrião
Aos dentes a tem colada
A tarte de massapão

Pode o macaco por
Na tarte o que quiser
O macaco não é de modas
Come tudo o que aparecer"


Não foi do mais belo que alguma vez foi escrito neste blogue?


Ah??


não ouço!!


Ei, tão alto não, que não sou surda!!!


Talvez um pouco...


AH BOM! eu também acho que sim...


( contagem decrescente para a minha, hÀ muito esperada, entrada no manicómio )

domingo, 26 de outubro de 2008

Lista de Coisas Que Tenho Que Fazer Mas Para As Quais Não Tenho Vontade

1 - Estudar Geometria

2 - Estudar Filosofia

3 - Matar a stora de Filosofia ( urgente )

4- Dar um Grito bastante potente, do género AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

5 - Esperar sentada o resto do dia a esperar que eles passe ( Ai espera isso já estou a fazer ).

6 - Actualizar o blog.

7 - Actualizar o blog com algo que interesse...

8 - Actualizar o blog com algo que interesse, que não sejam listas idiotas...



FIM?

terça-feira, 21 de outubro de 2008

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Os Amantes da Arte ( Textos Em Rascunho 1 )

Há diversas formas de amar a arte. Há o amor proibido, o amor reciproco, o amor não partilhado ( que pode ser de qualquer uma das partes ) o amor louco, o amor obsessivo...


Há as relações amor-ódio, relações de anos destinadas ao hábito e tédio.

Há também os casos, em que existe uma espécie de amor carnal com a arte, os que quase literalmente fodem a arte.
Vindos ambos os amantes, dar uma escapadela das suas relações oficiais. Fodem selvaticamente como se não houvesse amanhã!! Para depois retomar às suas vidas quotidianas.


Em que categoria me encaixo? Eu ainda nem sequer travei o primeiro encontro!
_____________
by: miuda do armario
___


Um pequeno aparte, alguém veio ter ao meu site, fazendo uma pequena pesquisa no google deste modo:


quando uma pessoa enjoa no mar como é chamado?


Eu respondo

Enjoado.

esclarecid@?

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

E viva o Alegre!

Com mãos se faz a paz se faz a guerra.
Com mãos tudo se faz e se desfaz.
Com mãos se faz o poema – e são de terra.
Com mãos se faz a guerra – e são a paz.

Com mãos se rasga o mar.
Com mãos se lavra.
Não são de pedras estas casas masde mãos.
E estão no fruto e na palavraas mãos que são o canto e são as armas.

E cravam-se no Tempo como farpasas mãos que vês nas coisas transformadas.
Folhas que vão no vento: verdes harpas.
De mãos é cada flor cada cidade.

Ninguém pode vencer estas espadas:nas tuas mãos começa a liberdade.

_______

Infelizmente a liberdade não começou em mão alguma....

Pode ser que daqui a 10 anitos, com maioria absoluta, os senhores do poder voltem a ter "a oportunidade" e a vontade de mudar alguma coisa...

Até lá, acho que vou assistir a um concerto "oferta Magalhães", que isso sim é uma oportunidade única de fazer história.

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Trombas, elefantes, carvão e afins...



sim tou de trombas e não me apetece postar nada de relevante por isso aqui ficam imagens de elefantes. SIM PORQUE SE EU NÃO TOU FELIZ GOSTO DE CHATEAR COM ELEFANTEs!! SE UM ELEFANTE INCOMODA MUITA GENTE DOIS ELEFANTES INCOMODAM INCOMODAM MUITO MAIS !!! CHEGA?? ( sim escrevi À saramago sem pontuação porque me apetece e pronto!! )




O que acontece é que quando estou triste, recordo-me de uma fase milenar da minha existência, em que me pintava com foligem de carvão. E FICO CÁ COM UMA NOSTALGIA...

DOCES, bem doces esses tempos... em que tudo o que eu sonhava era ver o proximo capitulo do dragon ball, e decorar as falas do rei leâo...

Agora? agora apanho com cada elefante...