segunda-feira, 29 de junho de 2009

...

quarta-feira, 17 de junho de 2009

ao longe o mar é azul

Está tudo tão escuro aqui.


Tudo tão escuro.

Ninguém parece ouvir-me .

Ninguém parece realmente importar-se com o que eu sinto.

Querem me prender. Querem amarar-me. Querem possuir-me tal qual um objecto.

Dizem que sou uma vergonha.

Eu sou a vergonha. Eu sou a ovelha negra.

Mas eu nao me importo.

Eu nao me importo.

Desde que me deixem ser feliz.

Feliz. Feliz. Feliz contigo.

Contigo sou sempre feliz.


E quando me barrarem essa felicidade de vez eu juro, que fujo daqui, que fujo contigo para bem longe daqui.

Prometo.

sábado, 6 de junho de 2009

A bela princesa triste
De vestido cor-de-rosa
Tem na mão a faca em riste
Que treme levemente nervosa

Olha para a janela
Espera o principe que não vem
E na mão a faca em riste
Vai cortando o ar de ninguém

Vai olhando para a paisagem verde
E a melancolia envolve a sua alma perdida
Pensa na sua morte
Pensa na sua vida

Sorri por fim
Vê a vida correr-lhe nos olhos
Sorri de novo
Deixa de ser material
Deixa de ser banal
E depressa o seu espirito flutua imortal

Vê do alto o seu corpo
Flutua por entre o mar dos danados
Que embalados
Vão cantando à sua passagem